COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Se você comprou pelo menos um item na Amazon durante a quarentena, toca aqui! Não é novidade que a empresa de Jeff Bezos domina o mercado de e-commerce e está lucrando com a pandemia. Pois nesta quarta (16) ficamos sabemos de mais um grande passo da gigante de vendas online. A Amazon Ads chegará, muito em breve, ao Brasil. A Ads é o braço de publicidade da Amazon e comercializa espaços para anúncios dentro das páginas da empresa. Somando-se todos os serviços da Amazon, os sites são visitados por 40 milhões de pessoas por mês — só no Brasil, claro. Não à toa, o setor publicitário é um dos setores mais rentáveis da já muito rentável companhia.

Varejo digital: reavaliando propósitos e estratégias de negócios

Apple Marina Bay Sands é inaugurado em Cingapura

O que esperar do mercado de trabalho pós-pandemia

Conversinha de bastidores

Quem deu o furo sobre a chegada da Amazon Ads por aqui foi o NeoFeed. Eles conseguiram informações de “bastidores” sobre a montagem da operação no Brasil, que já está em andamento. Segundo o site, “a empresa já montou parte da equipe e está fazendo apresentações para agências de publicidade no mercado brasileiro”. O braço de venda de anúncios no Brasil deverá ser chefiado por Célia Goldstein, que já trabalhou na área comercial do Spotify, e por Mário Meirelles, que tem passagem pelo departamento de livros da Amazon.

Implantação em duas fases

A chegada da Amazon Ads no Brasil deve ocorrer em duas etapas. Inicialmente, será lançada a plataforma para compra das mídias, chamada de DSP (Demand-Side Platform). A ferramenta irá permitir aos anunciantes brasileiros comprar anúncios gráficos, em vídeo e de áudio, para serem exibidos nos sites da Amazon e em páginas de empresas parceiras. A segunda fase será o lançamento do que eles chamam de “sponsored products”. São links patrocinados em buscas no site da Amazon para produtos que estão sendo vendidos no marketplace.

Lucro pouco é bobagem

A chegada da Amazon Ads ao Brasil vem na esteira de meses bastante positivos para a companhia. Em julho, a empresa havia divulgado o balanço financeiro do segundo trimestre de 2020 registrando um lucro líquido de USD 5,2 bilhões (R$ 27 bilhões). Já o faturamento ficou em USD 88,9 bilhões (R$ 462,5 bilhões), 40% maior do que o contabilizado no mesmo período de 2019.

Nada confirmado

As apurações do NeoFeed apontam outubro como o mês de lançamento do Amazon Ads por aqui. Ou seja, daqui a pouquinho. A Amazon, entretanto, ainda não confirmou nada oficialmente. Estamos de olho!

E não para por aí

Jeff Bezos não está para brincadeiras mesmo, pois as notícias não param por aí. A partir deste mês, a Twitch também terá novidades com a Amazon Ads. As agências de publicidade poderão programar a compra de anúncios na plataforma de streaming de vídeos por meio da ferramenta da Amazon. Será possível focar as propagandas com base no interesse dos usuários da Twitch e utilizar as métricas da dispositivo de anúncios da Amazon. A Twitch está em pleno crescimento e atrai cerca de 17,5 milhões de espectadores por dia. O ano de 2020 pode estar sendo difícil para nós pobres mortais, mas Jeff Bezos parece estar muito bem, obrigado.

COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

NO COMMENTS

DEJAR UN COMENTARIO