COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

DataRobot, líder em IA corporativa, está disponibilizando gratuitamente sua plataforma aos interessados ​​em utilizá-la para ajudar no esforço de resposta ao coronavírus. Em colaboração com a Amazon Web Services (AWS), a empresa fornece acesso gratuito às soluções de Machine Learning automatizado e de preparação de dados Paxata para os participantes da competição Kaggle, patrocinada pelo Escritório de Política e Tecnologia da Casa Branca para pesquisas relacionadas ao COVID-19. A plataforma corporativa de IA da DataRobot oferece modelos de aprendizado de máquina prontos, que permitem aos clientes  implementar, monitorar e gerenciar dados em escala.

“Somos inspirados pela paixão de nossos funcionários, clientes, parceiros e comunidade de ciência de dados, que manifestaram interesse em identificar maneiras de colaborar na busca de soluções para esta pandemia global”, disse Phil Gurbacki, vice-presidente sênior de produtos e experiência do cliente da DataRobot. “Ao abrir nosso software para aqueles que investigam o coronavírus, inclusive no Brasil, esperamos acelerar o ritmo da pesquisa para atenuar as dificuldades geradas pela pandemia”, explica Rodrigo Bertin, diretor de AI Success da DataRobot Latam.

Com a solução da DataRobot, os pesquisadores podem automatizar todas as etapas necessárias para criar, implantar e manter uma IA robusta, gerando previsões poderosas. Para preparar melhor os pesquisadores e reduzir drasticamente o tempo de preparação de dados, a DataRobot pré-carregou todos os conjuntos de dados de pesquisa abertos sobre COVID-19 com a utilização da DataRobot Paxata Cloud Free. A equipe também agregou 132.000 artigos individuais em um único conjunto de dados para dar aos pesquisadores um bom embasamento para iniciar os trabalhos.

Dessa forma, os pesquisadores terão as ferramentas necessárias para realizar a modelagem relacionada ao COVID-19, fornecendo informações vitais que os governos federal, estaduais e locais podem usar para orçar recursos e tomar medidas preventivas. Além de oferecer sua plataforma gratuitamente, a DataRobot disponibilizará recursos dedicados para cientistas de dados com a ajuda da equipe de AI Success.

Nos Estados Unidos, cientistas de dados do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) estão usando a plataforma DataRobot numa força-tarefa para fazer previsões contínuas sobre quais municípios poderão ter mais casos relatados. Os resultados das previsões estão sendo compartilhados com as equipes de governo e com os principais membros do Congresso, para que eles possam lidar de maneira mais proativa com o surto.

“Esperamos que trabalhos semelhantes possam ser desenvolvidos junto a instituições de pesquisa e hospitais no Brasil, neste momento em que há um aumento de pessoas infectadas”, ressalta Rodrigo Bertin. O balanço mais recente do Ministério da Saúde aponta 7.910 casos confirmados e 299 mortes. São Paulo contabiliza 3.506 casos confirmados e 188 mortes.

“Temos certeza de que poderemos contribuir com informações relevantes para tentar prever os locais onde a contaminação será maior e, dessa forma, atuar de maneira mais rápida para mobilizar as equipes médicas e conter a propagação do vírus”, complementa o diretor de AI Success da DataRobot Latam.

COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

NO COMMENTS

DEJAR UN COMENTARIO