COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

A MediaMath, líder mundial em marketing programático, anuncia um crescimento de dois dígitos da operação no Brasil neste ano. Atualmente, a empresa conta com um portfólio de grandes marcas globais, como P&G, Dell e IBM. No Brasil desde 2014, a MediaMath celebra suas conquistas do ano de 2018 – como o novo escritório em São Paulo – e o reforço de importantes parcerias – como com a trading desk Publya.

“Ao longo dos anos, a MediaMath se tornou conhecida não só por sua tecnologia, mas também pelo seu papel de liderança em temas que estão transformando a indústria em si, como a transparência e o brand safety. Trabalhamos com marcas e agências para impulsionar a publicidade digital em todos os meios. Para isso, vamos seguir com nosso objetivo de entregar a melhor experiência de mídia programática a todos os envolvidos – especialmente para o consumidor final”, diz Fernando Juarez, general manager de MediaMath para América Latina.

Reconhecimento da Gartner e dos investidores

Em julho, a MediaMath anunciou um financiamento de US$ 225 milhões pela empresa privada Searchlight Capital Partners. O aporte foi transformado em uma série de investimentos em tecnologia, profissionais e parcerias no mercado.

Já em outubro, a MediaMath liderou a primeira edição do “Quadrante Mágico Ad Tech” da Gartner, Inc. A empresa foi reconhecida pela sua abrangência de visão e capacidade de execução. Esta é a terceira avaliação independente da MediaMath por uma grande empresa de análise em 18 meses.

Líder de uma mudança no mercado publicitário

Em 2018, a MediaMath entrou para o consórcio sem fins lucrativos DigiTrust, grupo que pretende melhorar a experiência digital do usuário no ecossistema por meio de uma plataforma de identificação única, neutra, first-party, e baseada em cookies. Essa é uma das várias iniciativas sendo tomadas para melhorar o ecossistema de marketing, incluindo a inclusão de ads.txt para veículos dentro de sua oferta premium, o Curated Market.

Inovadora em suas iniciativas de mercado, a empresa também vem usando a Inteligência Artificial para ajudar clientes a conquistar o consumidor em meio a um mercado em mudança constante. Um exemplo dessa iniciativa é a IBM, que trabalha em conjunto com a MediaMath para ativar todo o potencial do marketing programático baseado em Inteligência Artificial, usando o Watson Cognitive Bidder para extrair indicativos preditivos a partir da exposição a grandes quantidades de dados.

Esse trabalho é feito fortalecendo a conexão entre o Watson Marketing e a MediaMath com o IBM Universal Behavior Exchange (ou UBX) para fornecer, em tempo real e de maneira escalável, a transferência dos dados mais valiosos para a execução do marketing.

Em novembro, a MediaMath lançou as novas soluções de gestão de criativos e novas parcerias de inventário que integram por completo a publicidade native em seu DSP omnichannel. Essas iniciativas possibilitam que anunciantes utilizem uma única plataforma para gerenciar o gasto com mídia, usando um formato de criativo native, que tem se provado mais atrativo para os consumidores.

A nova solução da MediaMath permite que os clientes façam upload de criativos como imagens, título, textos e URLs de destino, e tags rastreáveis diretamente no TerminalOne. A solução ajuda os anunciantes a usarem os mesmos materiais com flexibilidade em qualquer inventário native compatível.

Movimentando o mercado brasileiro

A chegada da empresa no Brasil, em 2014, fez com o que mercado brasileiro conhecesse o que havia de mais inovador na indústria de mídia programática em todo o mundo.

“Nossos clientes entendem como é crucial criar uma experiência de marketing positiva para o consumidor e, assim, gerar melhores resultados de negócios. Com o ecossistema de marketing digital se tornando cada vez mais complexo, o mercado reforça como estamos bem equipados para atender às necessidades dos clientes atuais e guiá-los estrategicamente para o futuro do marketing”, completa o general manager.

COMPARTIR:Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

NO COMMENTS

DEJAR UN COMENTARIO